Com o dinheiro não se brinca, mas trabalha-se.

Quando fomos abordados pelo Banco de Portugal para fazermos o site do novo Museu do Dinheiro ficámos entusiasmados.

Esse entusiasmo cresceu exponencialmente quando tivemos a oportunidade de visitar a nave e futuras salas do Museu em primeira mão.

O site, tal como o Museu, está na sua primeira fase e será actualizado durante o ano de 2016 quando a colecção do Museu estiver disponível, mas isso não significa que não haja histórias para contar.

360Desafio 1: Destacar a reabilitação da Igreja de São Julião

Solução: A Igreja que serve de nave ao Museu já está aberta ao público e tem entrada livre. O espaço está magnificamente requalificado e como prova disso mesmo montámos uma visão 360 da Igreja que deixa qualquer um com vontade de dar lá um salto.

Mobile AgendaMobile PlantaMobile Igreja

Desafio 2: Responsive design intuitivo e que acrescente à visita

Solução: De que serve o site de um Museu se não for útil quando estamos a visitá-lo? Modéstia à parte, a nossa equipa de design fez um excelente trabalho quando projectou a versão mobile do site. Quer seja para planear uma visita, ou mesmo para guiar a mesma, achamos que algumas áreas do site ficam ainda mais bonitas nos ecrãs de bolso.

Abre em 2016

Desafio 3: O lançamento em 2 fases

Solução: Estando a Igreja de São Julião e a Muralha de D.Dinis abertas ao público, o Museu e toda a sua colecção só ficarão disponíveis durante o ano que vem. Isso exigiu uma organização de conteúdos que destaque toda a informação útil do que está aberto agora, mas que também prepare o site para receber toda a colecção, que será disponibilizada no site aquando da abertura total do Museu.

Já abrimos as portas e estamos à espera da tua visita, ao site e ao Museu.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *